Notícia

Encontro de Diretoras e grupo “Con-missão”

Catania (Itália) Immagine correlata a Encontro de Diretoras e grupo “Con-missão”

Catania (Itália). No dia 4 de setembro de 2019, dia em que a Sicília festeja Santa Rosalia, na Inspetoria sícula “Madre Maddalena Morano” (ISI) foram recebidas Madre Yvonne Reungoat, a Vigária Geral Ir.Chiara Cazzuola, a Conselheira Visitadora Ir. Pece Marija, a Conselheira para a Administração Ir. Vilma Tallone e a Conselheira para a Pastoral Juvenil Ir. Borja Runita.

Para recebê-las, no lindo pátio da Inspetoria, estavam: a Inspetora Ir. Maria Pisciotta, as Conselheiras Inspetoriais, a comunidade Maria Auxiliadora e a comunidade Madre Morano, em Catania. Tornando visível o carinho e a alegria do acolhimento, um ramalhete de rosas vermelhas oferecido à Madre por Ir. Angela Gulizia.

O objetivo da visita é:

  • Apoiar, encorajar, suscitar respostas, alimentando esperança para uma retomada organizadora da Inspetoria e tornar as obras mais significativas.

Da análise do relatório da Visitadora Ir.Marija Pece, no qual foram evidenciados recursos e potencialidades de bem e também algumas fragilidades, surgiu a exigência de:

  • Do encontro-confronto com o grupo de trabalho da Con-Missão, com as Diretoras e com o Conselho Inspetorial entender em que direção a Inspetoria quer caminhar para realizar as decisões e as escolhas.

A Madre e suas Conselheiras encontraram-se com o grupo de trabalho da Con-Missão durante a manhã; elas apresentaram o trabalho feito até ali.

À tarde, com as Diretoras, a Madre retomou as reflexões do grupo de trabalho da Con-Missão e os três caminhos indicados por Ir. Marija no relatório final entregue no término da visita canônica.

O dia foi concluído com a Celebração Eucarística, presidida por Pe. Marcello Mazzeo, sdb. Em seguida a boa noite da Madre a todas as comunidades próximas da casa inspetorial em Catania e as Diretoras presentes.

Na boa noite, a Madre disse que a vida de comunhão e de fraternidade é missão e encorajou a continuar cuidando das boas relações e da assistência salesiana, características do Sistema Preventivo.

Na manhã do dia 5 de setembro a Madre e as Conselheiras se reuniram com o Conselho Inspetorial. Após a saudação da Inspetora Ir. Maria Pisciotta, a Madre, citando os art. das Constituilções, lembrou quais são as tarefas do Conselho Inspetorial, encorajando as conselheiras a serem sempre mais luz para os jovens da Sicília. Citando a frase de uma jovem, pronunciada na reunião do grupo de trabalho da Con-Missão, disse que não se pode perder a esperança, porque se os educadores perdem a esperança “os jovens estão perdidos”. Exortou a caminhar juntos FMA e Leigos, convidando todos à mudança de mentalidade, encorajando a trabalhar em sinergia. Solicitou que se considere este tempo de precariedade uma ocasião para escolher a pobreza. Hoje, enfatizou ainda a Madre, é importante oferecer sinais de esperança, mesmo que poucos e em pequenos passos.

À tarde, a Madre, Ir.Vilma e Ir.Chiara se encontraram com as irmãs de 1 a 20 anos de profissão. As FMA, depois de uma breve saudação e depois de terem escutado uma reflexão por parte da Madre, fizeram perguntas, destacando a incerteza do presente, que reflete o clima social, e pedindo indicações para o futuro. Foram enfatizadas as exigências da vida consagrada, o compromisso de reavivar – nos passos de Dom Bosco e de Madre Mazzarello, e na Sicília, também de Maddalena Morano – o carisma, partindo das necessidades da missão. “É preciso criar sinergia para que os jovens tenham pontos de referência, sinais de esperança e vida em abundância. Empenhar-se por uma leitura de fé da vida. Enfim, confiamo-nos a Maria Auxiliadora para que abençoe e acompanhe cada desejo de bem”.

FlickrFMA

0 Comentários Escrever comentário

    Sem comentários
  • Escrever comentário