Notícia

Seminário ACSSA-EUROPA

Bratislava (Eslováquia) Immagine correlata a Seminário ACSSA-EUROPA

Bratislava (Eslováquia). De 31 de outubro a 4 de novembro de 2018 aconteceu, no Centrum Salvator de Bratislava o Seminário europeu da ACSSA (Associação de Cultores de História Salesiana) objetivando apresentar Figuras salesianas relevantes entre os séculos XIX e XX na Europa, Salesianos e Filhas de Maria Auxiliadora, que, diferentes por formação, cultura, hábitos, contextos de ação, papeis desenvolvidos na Congregação, por um trecho breve ou longo de suas vidas, viveram de modo significativo, inovador, ou de alguma forma particular, alguns aspectos específicos da única missão salesiana.

Excluídas em partida as figuras dos santos, beatos, veneráveis e servos de Deus que já gozam de uma certa literatura e as dos Reitores Maiores, Madres Gerais e seus Conselheiros, já objetos de estudos precedentes, emerge, todavia, uma galeria de 22 SDB (bispos, padres, coadjutores) e 12 FMA (pioneiras, missionárias, professoras, assistentes, diretoras, encarregadas de fundações), que em sua “originalidade” de ação oferecem outras tantas facetas do que foi a vida e a vitalidade salesiana da época, em resposta a contextos políticos e educacionais diversos. Os países representados pelas FMA foram Eslováquia, Polônia, Austria-Alemanha, Grã Bretanha, Espanha, Itália.

Tratando-se de um Seminário de metodologia, cada relator pôde dar-se conta, pessoalmente e no diálogo, das diversas modalidades de individuar as fontes de estudo em vários arquivos, de interrogá-las com inteligência, de analisá-las em profundidade e de interpretá-las sem anacronismo e alterações deformadoras. Afinado assim, na comparação o método de trabalho, cada um poderá melhorar o êxito da própria pesquisa em vista do Encontro Internacional, já fixado para novembro de 2020.

No início dos trabalhos a apresentação, seja do contexto histórico eclesial da Eslováquia do primeiro após guerra, em 1990, seja do grupo SDB, FMA e VDB presentes no país, introduziu os participantes de maneira eficaz no ambiente, mais ainda graças a testemunhos da consagração vivida na clandestinidade. Também o dia “livre” – com a visita aos lugares “históricos” de Šaštjn, Devjn e Vajnory, ao Arquivo nacional da memória de Bratislava e apresentação do DVD sobre testemunhos das religiosas em campos de concentração, foi vivida na mesma lógica: por em contato direto com lugares, situações, documentos, pessoas, eventos do passado, todos elementos que constituem “fontes” de cada pesquisa histórica séria.

O Seminário de Bratislava inseriu-se no análogo Seminário da ACSSA-ASIA SUL realizado em Hyderabad (India) de 22-24 de junho de 2018 e sucessivos Seminários da ACSSA ASIA LESTE que serão realizados em Sam Phran (Thailandia), de 10 a 15 de fevereiro de 2019, da ACSSA-ÁFRICA de Nairobi (Quênia), de 4 a 10 de março de 2019 e da ACSSA das AMÉRICAS que se fará em Buenos Aires, de 18 a 22 de março de 2019.

No final dos quatro dias foi manifestada a satisfação comum pelo trabalho realizado, pelas perspectivas de futuro imediato (2020), pelo clima de colaboração que se teve, e mais, pelo bonito acolhimento e o constante acompanhamento por parte das FMA e dos SDB de Bratislava.

No site https://acssaeuropa.wixsite.com/acssaeuropa2018 podem-se encontrar informações e textos das pesquisas.

3 Comentários Escrever comentário

  • sr. Grazia Loparco07/11/2018 10:00:46Virginia Ferraro Ortí, (Spagna), Frances Pedrick (Gran Bretagna), Alba Deambrosis operativa in Austria e Germania, Mária Černá (Slovacchia), Anna Juzek (Polonia), Margherita Mariani, Alfonsina Finco, Maria Zucchi, Clotilde Morano, Annetta Uri, Iside Malgrati, Flora Fornara (Italia) hanno lasciato tracce di intraprendenza educativa, di scelte salesiane capaci di farci riflettere. “Le radici non sono il passato dell’albero, sono la garanzia della sua vitalità”. (J. Tolentino)
  • sr. Grazia Loparco07/11/2018 09:42:19Tra i 44 partecipanti al Seminario, diversi hanno avuto a Bratislava il primo contatto con la fede vissuta in clandestinità, con la figura del Beato T. Zeman, sua sorella minore e un nipote, traendone molte riflessioni che si impegnano a far conoscere nei propri ambienti. Un grazie speciale a sr Monika, ispettrice, sr Kamila e sr Adrika, insieme a tante altre sorelle, che hanno dato qualità all'ospitalità e favorito incontri significativi. FMA, Salesiani e laici siamo partiti arricchiti dalle ricerche e non meno dalla testimonianza. Grazie all'Istituto che con l'ACSSA accresce la conoscenza e il senso di appartenenza alla Famiglia Salesiana, fondandosi su persone e fatti. Il dinamismo della storia, a cui le persone possono contribuire, e non la ripetitività rassegnata al presente, ha attraversato quello che abbiamo visto e ascoltato. Nel sito, chi desidera può avvicinarsi a questa esperienza.
  • sr. Grazia Loparco07/11/2018 09:41:57Tra i 44 partecipanti al Seminario, diversi hanno avuto a Bratislava il primo contatto con la fede vissuta in clandestinità, con la figura del Beato T. Zeman, sua sorella minore e un nipote, traendone molte riflessioni che si impegnano a far conoscere nei propri ambienti. Un grazie speciale a sr Monika, ispettrice, sr Kamila e sr Adrika, insieme a tante altre sorelle, che hanno dato qualità all'ospitalità e favorito incontri significativi. FMA, Salesiani e laici siamo partiti arricchiti dalle ricerche e non meno dalla testimonianza. Grazie all'Istituto che con l'ACSSA accresce la conoscenza e il senso di appartenenza alla Famiglia Salesiana, fondandosi su persone e fatti. Il dinamismo della storia, a cui le persone possono contribuire, e non la ripetitività rassegnata al presente, ha attraversato quello che abbiamo visto e ascoltato. Nel sito, chi desidera può avvicinarsi a questa esperienza.
  • Escrever comentário