Notícia

Mentalidade de projeto

Quito (Equador) Immagine correlata a Mentalidade de projeto

Quito (Equador). De 23 a 30 de agosto de 2017, na casa de espiritualidade “Maria Auxiliadora” da Inspetoria “Sagrado Coração” (ECU) realizou-se o encontro de formação sobre os Escritórios de Desenvolvimento, animado por Ir. Vilma Tallone, Ecônoma geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, Ir. Cristina Camia, colaboradora no âmbito da administração e o Sr. Guido Barbera Presidente VIDES especialista em gestão de Projetos.

Participaram do encontro as FMA das Inspetorias das Antilhas (ANT), das quatro inspetorias da Colômbia (CMA; CMM; CBN; CBC), da Argentina (ABB); das duas inspetorias do México (MME, MMO), da América Central Sul (CAR), do Peru (PER), do Haiti (HAI), do Paraguai (PAR), do Chile (CIL) e do Equador (ECU).

Depois das boas vindas da Inspetora do Equador, Ir. Beatriz Navarro, Ir. Cruz Maria Pelaez, ecônoma inspetorial do Equador convidou cada uma das participantes a fazer uma breve apresentação da própria inspetoria.

Ir. Vilma, após cumprimentar os participantes, apresenta a sua experiência e as expectativas e perspectivas de trabalho do Escritório de Desenvolvimento, missão que realiza juntamente com uma equipe de colaboradores leigos e Fma.

O encontro se baseou em documentos eclesiais e carismáticos e todos tiveram o foco sobre a mentalidade de projeto.

A finalidade de um escritório de desenvolvimento foi apresentada à luz da Encíclica Caritas in veritate (11, 16 e 17). Entre as características de um escritório de desenvolvimento foi acentuada a sustentabilidade, como riqueza que muda a vida. Falou-se também de sustentabilidade econômica, social, ambiental e institucional.

Foi acentuado que, no processo, é importante estar atentos, de modo que, frente aos desafios, não ocorram erros relativos:

  • a buscar objetivos de eficiência e profissionalidade a todo custo
  • a considerar que é suficiente a boa vontade, administrar pode sufocar o carisma
  • a trabalhar em rede que comprometa o carisma e os valores.

Nessa atmosfera de novidade, Dom Bosco motiva e diz que é preciso escolher o amor à pobreza e a confiança ilimitada na Providência.

No término do dia, Ir. Cristina Camia lembrou as expectativas que cada participante traz consigo e Ir. Vilma concluiu a seguir, convidando os presentes a compartilhar mais uns com os outros, a se sentirem Instituto e manifestou o desejo de que o encontro todo seja uma ocasião para alargar os olhos para as necessidades de hoje e para ser com os jovens missionários de esperança e de alegria.

FLICKR Ispettoria "S. Cuore" (ECU)

2 Comentários Escrever comentário

  • Sor Marleny CMM07/09/2017 02:10:21Viva Jesús sor Vilma y Hermanas participantes, gracias por tan maravilloso encuentro. Sor Ángela Lucía vino muy contenta y animada por los objetivos alcanzados y la motivación a seguir trabajando con alegría y audacia en la formación de niños y Jóvenes, de manera especial los más necesitados. Estamos llamadas a mirar con esperanza la sostenibilidad, como una riqueza que cambia la vida y hace crecer a las personas.
  • Sor Rosa Molina Ecuador06/09/2017 02:00:47Gracias Sor Vilma y equipo de trabajo por animarnos a "ensanchar la mirada a las necesidades de hoy". Que Dios y nuestra Madre Auxiliadora, fecundice la labor en cada Inspectoria
  • Escrever comentário